contato |@| sobremusica.com.br

Bernardo Mortimer
bernardo |@| sobremusica.com.br

Bruno Maia
bruno |@| sobremusica.com.br

2.7.05

Helloween

As abóboras de Chicago estão prestes a voltar. O Smashing Pumpinks, melhor banda surgida em decorrência do movimento grunge, estaria ensaiando um retorno. A informação é do NME.
Sem lançar disco desde o ano 2000, Billy Corgan, James Iha, D'arcy Wreczky e Jimmy Chamberlain deixaram um monte de gente com saudade.

Em 2003, Corgan já ensaiou voltar a cena com uma banda que dava toda a pinta de ser uma grande banda, o Zwan, mas o projeto terminou rapidamente. Corgan sempre demonstrou que os Pumpinks eram uma espécie de "projeto de vida" e que ter terminado o grupo nunca foi uma decisão bem resolvida para ele. O vocalista acabou de lançar The Future of Embrace, mas como não ouvi, não posso comentar. Semana passada, ele teria dito ao jornal Chicago Tribune que estava se lançando em carreira solo, mas que "seu coração continuava com a antiga banda". Que buuunito!

Como esse não é exatamente um site de notícias musicais e, sim, de experiências musicais, aproveito a notícia para fazer um "flashback" e lembrar do quão sensacionais foram, para mim, os discos The Mellon Collie and Infinite Sadness e os clipes deles nascidos. Curti muito a banda naquela época.

Os Pumpinks são uma daquelas bandas que, de início, eu não gostava, não sabia o porquê. Acho que eu não gostava da idéia de gostar de uma banda com aquele som, aquele visual, aquela careca, aquela mulher esquisita no baixo, sei lá. Com o Oasis também foi assim. Não gostava da idéia de gostar. Muitas vezes isso acontece em música. Você não conhece, não quer conhecer e já sabe que não gosta. O meu vício adolescente por televisão, em especial por MTV, me deu a oportunidade de ouvir mais essas duas bandas, corrigir minhas impressões iniciais e passar a gostar demais delas. O sombrio disco Adore também foi bastante tocado lá em casa, especialmente antes de dormir. Gostava muito de fazer isso e esta é a lembrança mais clara que tenho deste álbum. Adore é daqueles discos que você gosta do disco como um todo, a ponto de não saber exatamente nem a ordem, nem os nomes das músicas.

No dia 14 de agosto de 1998 - tinha eu 16 anos -, a banda tocou no finado Metropolitan. Lembro que fui ao hotel em que eles estavam, o Sheraton, para tentar autografar meu violão. Não tinha ninguém por lá e o moço da portaria disse que eles tinham acabado de sair. O show foi médio, eles pareciam meio sem vontade de estar ali, meio enfadados. Era uma boa época, as grandes bandas vinham direto ao Brasil, no auge da forma. Naquele ano, o próprio Oasis esteve por aqui, também o Prodigy, o Green Day, Silverchair e, se não me engano, o Red Hot Chili Peppers também vieram. Lembro que, naquele dia, a produção do show do Smashing Pumpinks colocou uma divisória no meio da galera e assim só as 600 primeiras pessoas a entrar na pista poderiam ficar perto do palco. O porquê daquilo, eu nunca entendi. Rapidamente a platéia se revoltou e, no melhor espírito grunge, derrubou aquela palhaçada. O show em si foi tranqüilo, sem confusões.

Acho que eles ainda ficaram devendo uma grande apresentação por aqui. Quem sabe... Se até o Pink Floyd se reuniu de novo e tá tocando hoje em Londres, impossible is possible tonight, tonight.

2 Opine:

At 16:37, Anonymous Aleuto Vargas said...

14 de agosto de 1998... dois dias após uma grande data... E é triste pensar q eu sequer lembro o q aconteceu nela... Ô memoria...
Mas enfim... Sobre o Smashing Pumpkings não posso falar mto. Mas sugiro, como acabo de sugerir, um post sobre os NEOHIPPIES!! Hahaha!! O Bruno sabe do q eu toh falando!!!
Abraços!!

PS.: Pink Floyd no Brasil??!?!? SERÁ? SERÁ???? Nhééééééé...

 
At 17:33, Anonymous Aleuto Vargas said...

Epílogo:
Tb acho Dibob uma bandinha beeeeem fraca, mas os caras tão na mídia, neh?
Agora, o melhor (ou o pior) de toda a discussão envolvendo os caras do dibob nesse site foi ter q ver o Bruno ser chamado de "careta" pelos caras... hahahaha!!! Quero ver o q q ele acha disso!
OBS: pra quem não sabe do q eu toh falando, chequem o post vibezone parte 2, de 19.06.2005.

Abs!

 

Postar um comentário

<< Home


Estudando o (boato do) rock
Boatos, verdades e jornalismo musical
Só danço samba
O vôo do tempo
Preciso voltar a trabalhar
Rock'n'roll
Como é ser um rockstar?
Existe poesia nas letras de música
Ficção Científica??
OK Computer

- Página Inicial

- SOBREMUSICA no Orkut



Envio de material


__________________________________

A reprodução não-comercial do conteúdo do SOBREMUSICA é permitida, desde que seja comunicada previamente.

. Site Meter ** Desde 12 de junho de 2005 **.