contato |@| sobremusica.com.br

Bernardo Mortimer
bernardo |@| sobremusica.com.br

Bruno Maia
bruno |@| sobremusica.com.br

24.2.06

Show: Franz Ferdinand no Circo Voador

We are so lucky...

fotos: Bruno Maia
Não foi ao Stones? Ok, ok...

Não foi ao U2? Sei como é...


Não foi ao Franz Ferdinand?
Perdeu, pleibói.




***************************


Se tem alguém que acha que a Escócia deve ser fria e esse alguém não viu o show de ontem, vai ficar sem saber o que a gélida Glasgow é capaz de produzir em termos de suores, excitações e calores. Em uma passagem de rock'n roll em estado bruto pela cidade do carnaval, tenho certeza que o Franz Ferdinand fez um dos shows mais especiais da vida deles. Valeu a pena abrir mão do cachê para tocar no Circo Voador. Valeu a pena assisiti-los tocando no Circo Voador.

O que leva uma das principais bandas do mundo a abrir mão do cachê para tocar numa cidade terceiro-mundista? Só o tal do espírito rock'n roll. A mesma resposta poderia ser dada se você perguntasse o que leva um grupo desse tamanho a terminar o show e sair andando pela porta dos fundos do Circo Voador, falando com a galera, dando autógrafos, dizendo que o Rio é "much better than São Paulo". E a mesma resposta caberia se você se perguntasse o que leva uma banda desse porte a terminar um show e fazer uma horinha na Mem de Sá, vendo o movimento dos bares e decidindo qual seria a próxima parada depois das 2hs da manhã. Dá pra entender agora o que é rock'n roll de verdade?

A banda entrou no palco abrindo mão, em parte, dos figurinos esquisitos. Apenas dois dos integrantes traziam as tais camisas sociais para dentro da calça. E mesmo assim nada de camisa xadrez, demodê. Camisa normal. O negócio era rock. Lá pelas tantas, o sempre engomadinho Alex Kapranos ligou o tal do foda-se, desabotoou a tal camisa e ficou com os peitos de fora. A 'roupa' do palco, seguia o mesmo espírito: só um pano com as iniciais FF. Just rocking that!

O FF teve a galera nas mãos (ou fora delas), desde o princípio. O repertório variou em relação aos das últimas apresentações e não teve, por exemplo, Do you want to e Take me out na sequência. Acho que foi até melhor assim, por questão de segurança. Perigava o Circo vir abaixo se isso acontecesse. Separadas, elas brilharam na bocamãospernasolhoseoquemaistivessevivo de 2500 pessoas. Não foram só elas. Walk away, You're the reason I'm leaving, The dark of the matinée e The Fallen, para ficar no quase-óbvio. O ponto baixo da noite foi a dificuldade de compreensão daquele sotaque escocês carregadíssimo! Além disso, o som nas laterais estava muito ruim. A distribuição do som no Circo Voador, há algum tempo, merece ser revista.


Resistirei a tentação de não comparar o show de ontem com o dos Strokes no ano passado. Mas ter visto essas duas bandas no auge, em momentos tão especiais, faz com que me sinta parte de uma geração privilegiada.

*****************
Quantos "famosos" foram lá, hein?

*****************
E quantos "famosos" na feela, digo, fila, na fila dos que estavam com ingressos de estudantes, hein?

******************
Tchu tchu tchuri ru ru ru ru...

9 Opine:

At 18:29, Anonymous natália said...

melhor show da minha vida!
é franz é franz!

realmente, por pouco o circo voador não desaba. fala sério, indescritível o que foi aquilo!

 
At 19:39, Anonymous Anônimo said...

bruno, fala mais de como foi o contato com eles do lado de fora. Isso é bacana de saber

 
At 22:52, Anonymous cynthia said...

faço das tuas palavras as minhas quanto a sermos de uma geração privilegiada.
estamos tendo oportunidade de ver shows antológicos em tão pouco tempo.
nem dá pra acreditar às vezes.
e queremos mais, mais, muito mais!

e sem dúvida, pela expressão totalmente surpresa do Alex e da banda, aquele pode ter sido o melhor show que eles já fizeram.
e nós estávamos lá!

 
At 03:46, Anonymous Anônimo said...

meu Deus, eu perdi.

 
At 14:28, Anonymous Ferdinando said...

"Uma coisa ficou clara quando o grupo escocês saiu do palco do Circo Voador, onde se apresentou na quinta-feira: o show foi de extasiar. Sim, para o público, claro, mas, principalmente, para a própria banda.

- Foi o melhor show que já fizemos na vida. Fiquei impressionado com a resposta das pessoas, a vibração, a energia. Foi fantástico. Muito melhor do que qualquer outro show nosso - disse ontem Alex Kapranos, o vocalista do grupo durante os passeios que fez com o resto da banda (...)

- Em S. Paulo estávamos muito distantes do público. No Rio, tivemos mais contato com as pessoas. (...) Até mesmo Walk Away, que normalmente é mais silenciosa, aqui no Rio foi explosiva. - comentou (o vocalista)."

Bem, esse texto está publicado no jornal "O Globo" de hoje. Na palavra dos caras é mais fácil de acreditar em tudo que está escrito aí...

 
At 14:31, Blogger Bruno Maia said...

Ao primeiro anônimo que escreveu, pedindo para falar mais do contato com os caras. A minha experiência foi muito curta. Uma pequena confusão se formou na porta do Circo e o Kapranos foi extremamente paciente e atencioso, mesmo cercado de umas 15 pessoas...

Depois, eu encontrei o Bruno Natal (www.gardenal.org/urbe) no Capela (restaurante das redondezas do Circo), que ele estava na Avenida Mem de Sá, tranquilo, acessível, e que inclusive a namorada do Bruno tirou uma foto com ele. Na calma. É isso o que sei... Espero ter atendido às expectativas!

Volte sempre!
Grande abraço,

Bruno Maia

 
At 16:20, Anonymous lívia said...

Fodaaa apenas fodaaa!!!! putz pena q eu machuquei meu joelho e não fiqui lá pra vê-los depois do show!!!!
sniff sniff sniff!!

 
At 06:24, Anonymous Ana Lindoso said...

po realmente o show foi fantástico!!! fooda mesmo!!! palavras com "f" tb de FF rsrs
po vi strokes tb, de quem sou mto fã!! sim somos privilegiados, terei q concordar com as opinioes anteriores!!
e kra n acredito eles estavam no Capela?? passei em frente.. pq moro por ali.. ainda fiquei olhando p ver se achava alguem conhecido, mas nem :-(
po, na hora q o alex estava saindo, eu e mais 2 pesoas perguntamos p/ onde ele iria e ele nos respondeu, so q umas garotas gritaram e acabamos n entendendo. pedimos p ele repetir mas, nem nos atendeu!! so sei q segs antes de ele entrar na van .. ele virou p gente e disse: "See u latter"!!
malditas meninas q gritaram arghhh!!

p.s.: na ultima fto postada, o dedo indicador q aparece, é meu!! pelo menos e mto igual e eu estava nessa direção!! mas .. sim .. é o meu, tortinho como ele é.. n tenho duvidas rsrs

 
At 17:50, Blogger Bruno Maia said...

Ana,
Eles não foram para o Capela não. Eles foram vistos na Mem de Sá, mas EU estava no Capela e lá eles não foram...

 

Postar um comentário

<< Home


Show: Paralamas do Sucesso no Odisséia (2)
Show: Paralamas do Sucesso no Odisséia
Ressuscitou...
Rrrrrrrruído
Mudaram as estações e nada mudou...
Rolling Stones, U2 e Moby :: O que há em comum?
Contagem regressiva (1) ::
Elocubrações: previsões para o ano
Franz Ferdinand :: Single de "Do you want to"
A Dama Me Concede a Honra da Próxima Dança?

- Página Inicial

- SOBREMUSICA no Orkut



Envio de material


__________________________________

A reprodução não-comercial do conteúdo do SOBREMUSICA é permitida, desde que seja comunicada previamente.

. Site Meter ** Desde 12 de junho de 2005 **.