contato |@| sobremusica.com.br

Bernardo Mortimer
bernardo |@| sobremusica.com.br

Bruno Maia
bruno |@| sobremusica.com.br

13.3.08

A música dos videogames

O Gabriel mandou esse link e daí despertou um assunto antigo que tinha ficado na minha cabeça...



Grande parte da geração que cresceu nos anos 80 sob influência do ATARI, da SEGA (eu!) e da Nintendo, não trocou de hábitos na vida adulta. Vídeo Game está longe de ser uma indústria para crianças. O sucesso que o VideoGamesLive faz pelo mundo afora mostra o quanto as as trilhas dos jogos se tornaram marcantes. A partir dos primeiros 8bits dos anos 70, a coisa tomou corpo e as poucos se tornou reconhecia influência para as trilhas do cinema blockbuster.

Martin Leung tem apenas 20 anos, é simpático até dizer chega, e viaja o mundo se apresentando no VídeoGamesLive. Pianista super premiado, entre outras coisas, ele faz isso...




Por aqui, mesmo com a baixa vendagem de aparelhos de videogames e de jogos no Brasil, a pirataria mantém o país como um dos maiores usuários. E não à toa surgiu o Lucas.



Na edição do Vídeo Games Live do ano passado, fiz uma série de entrevistas com o público e, mesmo entre os mais novos, cerca de 80% disseram que seu gênero musical preferido era música clássica e de orquestra. E eles não tinham nenhuma dificuldade em discorrer sobre os compositores preferidos, com extrema naturalidade. Se o cinema foi a variação popular da música clássica no século XX, o videogame de certa forma também o foi nas últimas três décadas.

Não duvide, há vida além do hype.

****************************
Nada a ver, eu sei, mas é que falamos disso no ano passado, e não queria perder o hábito. Faltam apenas 313 dias.

2 Opine:

At 16:47, Blogger Bernardo Mortimer said...

Nos EUA, a indústria do videogame é maior do que a do cinema há uns dois outrês anos. Movimenta mais dinheiro. Nunca achei dados globais sobre nenhuma das indústrias...

 
At 12:12, Blogger Beni Borja said...

Excelente, oportuno e ducarái esse post.

O fenômeno Guitar Hero é outro exemplo de como videogames estão formando gostos musicais. Tem uma geração descobrindo o "classic rock" americano, por conta do jogo.

Além do fato da indústria de videogame ser de fato maior do que a da música hoje, como notou o Mortimer aÍ em cima, ele forma mais opinião musical, por absurdo que possa parecer, porque seus critérios para escolha de música são melhores do queos adotados pela indústria fonográfica.

Hoje nos EUA os "music supervisors de videogame são mais procurados por novos artistas do que os A&R de gravadoras.

 

Postar um comentário

<< Home


Trailer de livros
A viagem é à vera...
Nicolas Fake
Trilha Sonora: Sangue Negro
O Build.last.fm e os dois lados dos conteúdos cola...
Gente Bonita no Rio (Entrevista: Alexandre Matias)...
Entrevista: Bacalhau, do Autoramas (2)
Internet: RCRD LBL e Gnarls Barkley
Show: 6 Anos de Batalha do Real, no Circo
Entrevista: Bacalhau do Autoramas (1)

- Página Inicial

- SOBREMUSICA no Orkut



Envio de material


__________________________________

A reprodução não-comercial do conteúdo do SOBREMUSICA é permitida, desde que seja comunicada previamente.

. Site Meter ** Desde 12 de junho de 2005 **.