contato |@| sobremusica.com.br

Bernardo Mortimer
bernardo |@| sobremusica.com.br

Bruno Maia
bruno |@| sobremusica.com.br

25.8.07

Rolling Stone :: The Magic Numbers e Cartola

Estes são os textos que fiz para a Rolling Stone de julho/2007 (capa Homer Simpson). O primeiro é uma matéria que fiz sobre o Magic Numbers, antes de eles virem tocar no Brasil. Depois, uma lista dos 5 melhores "novos" lançamentos feita pelo próprio Romeo Stodart (vocalista do Magic Numbers). Por fim, uma resenha sobre uma coletânea recém-lançada do Cartola. Por algum equívoco, a cotação que dei para o disco da Cartola saiu errada na revista (o certo é 1,5 estrelas, e não 3, como foi publicado).

Como já estamos na edição de agosto e a revista não está mais à venda, publico as versões integrais dos textos.

Doces e bárbaros

De viagem marcada ao Brasil, o Magic Numbers sonha com Beach Boys querendo abraçar os Beatles

Numa década em que o rock mundial se voltou para as pistas de danças e flerta com o eletrônico, a repercussão alcançada pelo Magic Numbers chega a ser surpreendente. Com um som baseado em arranjos acústicos e melodias doces – sem serem novelescas – os quatro ingleses conseguiram ser endossados por crítica e público. Eles não fazem o som da moda, nem tampouco se valem da beleza física de uma Beyoncé ou de um Justin Timberlake para colecionar fãs. O grupo é composto por dois casais de irmãos gordinhos e está na estrada desde 2002. Comandados pelo vocalista Romeo Stodart, eles estão no meio da turnê do segundo disco ("Those the brokes") e com vinda marcada para o Brasil.

"Eu adoro Caetano Veloso. "Transa" é um disco muito bom!", diz Romeo Stodart, antes mesmo da primeira pergunta. “Tenho algumas compilações da Gal Costa, de Jorge Ben, a trilha sonora de Cidade de Deus...”, enfilera o vocalista. A relação da banda com a cultura terceiro-mundista vai além disso e já vem de longa data. Romeo e a irmã Ângela (baixista) moraram em Trinidad durante a infância com os pais. "Eu lembro das praias, das pessoas ouvindo reggae e calipso, mas isso não veio pra nossa música. Eu só vivi lá até os dez anos". As influências mais perceptíveis no som deles vêm de outras praias, principalmente as da Califórnia na década de 1960. Qualquer um que fizer uma pesquisa sobre os caras vai achar as referências óbvias a grupos como The Mamas & The Papas e Beach Boys. A presença de arranjos vocais minimalistas e de melodias suaves são as principais razões para as comparações. Romeo, que também é quem compõe, não se dá o trabalho de desmentir quem acusa tal semelhança, muito pelo contrário. "Carl's song é uma música que eu recebi de Carl Wilson em um sonho. Ele cantava a melodia e repetia a harmonia. Então, eu levantei da cama, peguei o violão e fiquei pensando que eu jamais imaginaria aquela seqüência de acordes sozinho! Da próxima vez podia vir o John Lennon também, né?!".

Falando em Lennon, o Magic Numbers foi um dos convidados para participar da recente regravação do disco "Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band" para a BBC. Além deles, Oasis, Travis, Brian Adams e Kaiser Chiefs foram alguns dos artistas que participaram do projeto. Coube ao Magic Numbers refazer "She's leaving home". "Foi uma experiência inacreditável. Nós gravamos com o mesmo equipamento e com o mesmo engenheiro de som do disco original (Geoff Emerick). Escolhemos essa música porque nunca tínhamos tocado com uma orquestra antes. Foi tudo gravado ao vivo, numa mesa de 4 canais, como naquela época. Não se podia errar, tínhamos que acertar de primeira!", conta o vocalista.

Escalados para o Festival Indie Rock (25/07 – Rio de Janeiro; 26/07 – São Paulo), eles são um caso raro de banda gringa que, no auge da forma, topa sair da Europa durante a temporada dos grandes festivais de verão para dar uma passada por aqui."Nós amamos tocar ao vivo, especialmente nesses festivais que têm uma atmosfera incrível. Mas por outro lado, a gente nunca esteve no Brasil antes e ter essa oportunidade agora também nos deixa muito empolgados".

***************************
TOP 5 Romeo Stodart

Midlake - The trial of van occupanther
Lavender Diamond - Imagine our love
Keren Ann - Keren Ann
Dr. Dog - We all belong
Willie Mason - If the oceans gets rough


***************************
Cartola - Acontece - 1,5 estrelas

Cartola só gravou suas músicas nos últimos seis anos de vida. Foi pouco tempo pra dar vazão a obra de uma vida inteira. Até mesmo por isso, uma nova coletânea, como a da série “Acontece” não acrescenta nada à quem já admira as canções do sambista. Por outro lado, é sempre uma oportunidade para novos ouvintes se aproximarem de uma das obras mais fundamentais da música brasileira no século passado. Entre tantos sucessos, destaque também para as ‘menos’ badaladas “Disfarça e chora” e “Não posso viver sem ela”.


1 Opine:

At 11:41, Anonymous Aleuto Vargas said...

acho q a cotação não saiu errada não... se bem me lembro, eles dizem na revista q a cotação eh revisada por eles

 

Postar um comentário

<< Home


The Bounce
É por isso que o Raimundos nunca vai se acabar
Show: Girl Talk no One Eyed Jacks, em Nova Orleans...
Show :: Maria Bethânia, "Dentro do mar tem rio"
Amy, Wine, House and Love
Show: Satchmo Summer Fest, em Nova Orleans (dia 2...
Show :: Jonas Sá
Show: Satchmo Summer Fest, em Nova Orleans (dia 1...
Jazzmatazz no Tipitina's de Nova Orleans
Kermit Ruffins, no Vaughns de Nova Orleans

- Página Inicial

- SOBREMUSICA no Orkut



Envio de material


__________________________________

A reprodução não-comercial do conteúdo do SOBREMUSICA é permitida, desde que seja comunicada previamente.

. Site Meter ** Desde 12 de junho de 2005 **.